Mesmo com crise, indústria cosmética segue em destaque

Saneantes: além de poder de limpeza, confiabilidade e procedência são fundamentais
23 de março de 2016
Rinen alia inovação e solução em fórmula ideal para sabonetes em barra
20 de outubro de 2016

Mesmo com crise, indústria cosmética segue em destaque

Por: Flávia Gutierrez

Jornalista – MTB 53681/SP

Apesar da crise financeira, o Brasil continua ocupando lugar de destaque dentre os maiores consumidores de cosméticos em termos mundiais. A frequência de compra de produtos de beleza pode diminuir, ou o consumidor pode optar por produtos mais baratos, mas o mercado continua movimentado.

As novidades no mercado de cosmetologia são muitas: batom líquido com efeito mate, maquiagem anti-idade, esmalte de secagem ultrarrápida, máscara para cílios com células-tronco, que ajudam no crescimento dos fios, e até xampu a seco. O consumidor está sempre em busca de inovações para manter a aparência sempre bem cuidada.

O uso de cosméticos é de longa data. Registros históricos indicam que a rainha Cleópatra, que nasceu no Egito em 69 a.C., tomava banhos de leite com mel para manter a pele bonita e macia. Com o avanço da ciência, hoje é possível obter os mesmos benefícios desta receita caseira em cremes, géis, pomadas e assim por diante.

Neste cenário, os cosméticos não devem apenas limpar, proteger ou hidratar. Além disso, os produtos também devem proporcionar bem-estar, com texturas diferenciadas, fragrâncias diversas e um excelente resultado final. Estudos comprovam que a textura é um dos atributos sensoriais que reforçam o desejo de compra e a continuação do uso do cosmético.

A Rinen, que atua desde 1990 na produção e distribuição de produtos químicos e que tem laboratório próprio e parceiros nacionais e internacionais, oferece diversos compostos químicos para a produção destes produtos tão queridinhos no dia-a-dia de homens e mulheres. São espessantes, agentes de texturização e fixação, condicionantes e fragrâncias produzidas e distribuídas com qualidade e excelência para a indústria de cosméticos.

Os compostos texturizantes, por exemplo, dentre outras inúmeras qualidades, proporcionam um sensorial diferenciado, favorecem a espalhabilidade e ajudam na hidratação sem ser pegajoso. Quanto aos agentes condicionantes, seus benefícios são melhora na penteabilidade dos cabelos, formação de filtro protetor dos fios e aumento do brilho.

icone

Compartilhar: